Mariana Garcia é vice-campeã na 1ª etapa da Copa Brasil de Paraciclismo

Próximo desafio de Mariana será nos dias 21 e 22 de março, no Circuito Pan-Americano, em Maringá

Paraciclista da Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco/Secretaria de Esportes), Mariana Garcia faturou a medalha de prata na prova de resistência na 1ª etapa da Copa Brasil de Paraciclismo, disputada no último domingo (16), na cidade de Paulínia.

Mariana lembrou de um problema durante a prova. Ela falou em corrida de superação, mesmo com todas adversidades e dificuldades encontradas ao longo de sua primeira participação na temporada 2020. Sendo assim, ela saiu extremamente satisfeita com seu desempenho.

“Prova de resistência com um percurso bastante técnico, cheio de curvas, retomadas e subidas rápidas e com um forte sol. Foi uma corrida das mais duras. Além disso foi uma prova de superação, pois tive um problema na minha corrente e um para-choque amassado após uma colisão com uma outra handbike, que bateu atrás, travando assim minha roda traseira esquerda. Só tenho a agradecer pela conquista da segunda colocação”, celebrou Mariana Garcia.

A paraciclista da Equipe de Ribeirão Preto tem o Circuito Pan-Americano como próximo desafio da temporada 2020. A competição será realizada entre os dias 18 e 22 de março, sendo suas provas nos dias 21 e 22.

Mariana chega com grandes expectativas na temporada 2020. Além de lutar por títulos, ela visa também uma vaga na seleção brasileira paralímpica que vai disputar o Mundial da sua categoria. Ela é treinada por Cláudio Civatti e é atual campeã paulista da sua categoria.

A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto tem como patrocinadores o Grupo São Francisco, que faz parte do Sistema Hapvida, Grupo Imediato e SOUL Cycles; copatrocinadores a Alliage e Passalacqua; e o apoio da Líber Capital, Molyplast, Dauriti, Liderkraft, Ortovel, New Veículos, KOI Veículos, Atri Fiat, Transmogiana, Cenourão, Mialich Supermercados, Protécnica, Engevap, H Point, LOL Sports Bar, Óculos HB, Ideali Hotel, Penks Uniformes e Prefeitura de Ribeirão Preto. Apoio institucional Lei Paulista de Incentivo ao Esporte e Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo.