Jovem ciclista de Ribeirão Preto vai estagiar em tradicional equipe da Espanha

Um jovem ciclista de Ribeirão Preto está recebendo a oportunidade de estagiar em uma das principais equipes do ciclismo mundial, a Digarsa – Club Ciclista Colindres, da Espanha.  Marcos Levy, 17 anos, integrante da Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto Base (São Francisco Saúde/Secretaria de Esportes), fica em solo espanhol por um período de 6 meses.

Adaptado ao novo país, Levy conta como foram os primeiros dias, treinamentos, adaptação com o frio e primeira experiência internacional na vida.

“Cheguei no dia 17 de março e foi a minha primeira viagem internacional, tudo é novidade, aos poucos vou me adaptando com os costumes e dia a dia. O que mais me pegou foi o frio. No dia 19 de março comecei os treinamentos e com 11 dias, com certos custos, me adaptei com as maiores quilometragens, alimentação e descansos, mas o mais difícil foi o intenso frio”, disse.

Feliz com a oportunidade, Levy brincou com o fato de ainda não falar bem o espanhol, mas fez questão de ressaltar que já arrisca o “portunhol”.

“O idioma tem algumas palavras parecidas, mas nos primeiros dias tive muita dificuldade. O básico havia estudado no Brasil e há quase um mês aqui, já estou conseguindo arriscar o “portunhol”, brincou.

O atleta também comentou a ajuda oferecida por um companheiro de equipe, que é brasileiro e que foi responsável por sua indicação ao clube espanhol.

“Em relação ao convívio diário, estou junto a outro Brasileiro, o Arthur Simeoni, que já está no seu segundo ano pela equipe. Isso ajudou um pouco com as regras e os afazeres. O Arthur e eu treinamos pela manhã e as refeições principais, almoço e janta, fazemos com o técnico. A oportunidade surgiu através dos meus resultados enquanto defendia a equipe de Ribeirão Preto na temporada de 2018. Mais pontualmente depois de uma competição quando meu amigo, o Arthur Simeoni passou a indicação para o técnico espanhol, já que havia integrado à equipe na Espanha em 2018, passando uma certa confiança sobre mim”, contou.

Apesar dos bons resultados terem vindo logo de cara, o ciclista ribeirãopretano foi vice-campeão da prova Memorial Emílio Fernandez e terceiro colocado no II Trofeo Santa Juliana, provas tradicionais na Espanha. Levy elencou as principais diferenças que sentiu entre o ciclismo praticado no Brasil e na Espanha. Para ele, o formato das provas é mais agressivo e o trabalho em equipe é mais notório.

“Semelhanças é difícil citar, pois é muito diferente do Brasil, principalmente estrutura, ritmo, quantidade de atletas, quilometragens de provas, treinamentos que duram de 10 a 20h semanais. O formato das provas é bem mais agressivo e o trabalho das equipes prevalece mais. Quase todas as competições são nas estradas e em região montanhosa, então praticamente escalamos todos os dias nos treinamentos”, afirmou.

Coordenador da equipe de Base do time ribeirãopretano, Thiago Nardim, comentou as características de Marcos Levy e elogiou sua evolução.

“Está indo muito bem, é um menino dedicado, educado e inteligente para se portar no pelotão, tem uma ótima leitura de corrida, ou seja, ele consegue estar na hora em partes críticas de prova, como as fugas. Além de uma boa genética que favorece bastante no ciclismo”, disse.

Mesmo em solo espanhol, Levy fez questão de lembrar da Equipe de Ribeirão Preto, que, para ele, é a melhor equipe de base do Brasil. Segundo Levy, a oportunidade de estagiar na Europa surgiu por conta do visibilidade que conseguiu atuando por Ribeirão Preto.

“A minha primeira e única equipe antes de ir para Espanha foi a de Ribeirão Preto, que para mim é a melhor equipe de base do ciclismo brasileiro. Após a Volta do Futuro de 2017 com alguns bons resultados, tive o prestigio de receber o convite para participar da equipe de Base de Ribeirão e com muita felicidade aceitei. Ao longo desse tempo me proporcionaram condições para competir as melhores provas e assim mostrar meu desempenho, que hoje resultou nesta oportunidade de estar aqui no ciclismo estrangeiro”, contou.

Sobre a Equipe de Ciclismo Ribeirão Preto Base

A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto Base é patrocinada pela São Francisco Saúde, Grupo Imediato, SOUL Cycles, Itaobi Transportes, e Passalacqua, copatrocínio da Passaredo Linhas Aéreas, AOO Energia, Dauriti Distribuidora, Cenourão, Molyplast, Transmogiana Transportes, Mirolog, Riberball e Engevap, e apoios da Fundição Batatais, Nutrigesso, Centro Oeste, Protecnica, Liber Capital, Secretaria de Esportes de Ribeirão Preto, Botafogo Futebol Clube e ERT Uniformes. Realização da Associação Terra de Ciclismo e Lei Paulista de Incentivo ao Esporte e Governo do Estado de São Paulo.